Classificação indicativa: Livre

O quinto programa de música da segunda edição do Festival Arte como Respiro conta com apresentações de Ivan Sacerdote, Hercules Gomes e Leopoldo Conrado Nunes.

O programa fica disponível no dia 13 de setembro, às 20h, e apenas por 24h.

Ivan Sacerdote é clarinetista e explora a versatilidade desse instrumento, criando uma linguagem plural que passa por choro, samba, jazz, bossa nova, forró, música de concerto, reggae e cumbia, entre outros estilos. Bacharel em clarinete e mestre em música pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), o artista tem Salvador (BA), os ritmos e a diversidade musical da cidade como pano de fundo de sua obra. Como solista, atuou na Orquestra Sinfônica da Bahia, na Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Bahia, no Regional Os Ingênuos, no Grupo Mandaia e no Grupo Casa Verde e, depois, passou a trabalhar no Ivan Sacerdote Trio. Desde 2012, integra o quarteto que acompanha a cantora Rosa Passos em turnês e gravações. Em 2020, lançou Caetano Veloso & Ivan Sacerdote, disco junto com o mestre, diálogo entre a música instrumental e a canção brasileira. Seu projeto mais recente, com previsão de lançamento para 2021, é um álbum em parceria com o multi-instrumentista Felipe Guedes.

Natural de Vitória (ES) e radicado em São Paulo (SP), bacharel em música pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Hercules Gomes é pianista e se destaca pelas fortes influências de ritmos brasileiros, jazz e música erudita em seu trabalho. Pianismo (2013) é seu primeiro disco solo e apresenta composições autorais e arranjos que trazem fotografias panorâmicas do piano brasileiro. O segundo álbum, No Tempo de Chiquinha (2018), foi feito em homenagem aos 170 anos de Chiquinha Gonzaga. Em 2020, lançou Tia Amélia para Sempre, tributo a Amélia Brandão Nery, a Tia Amélia.

Compositor de trilhas sonoras para filmes, publicidade e balés, Leopoldo Conrado Nunes toca diversos instrumentos, escreve arranjos e não gosta de gravar sozinho. Sempre atento ao ouvido musical recifense, estreou em disco com Cinema Boreal (2018), faixas que representam tanto o diálogo com a sétima arte quanto a multiplicidade de gêneros pelos quais Leopoldo transita.

Acesse a programação completa do Festival Arte como Respiro.

Ficha técnica (de acordo com a ordem das apresentações):

Ivan Sacerdote
Clarinete: Ivan Sacerdote
Captação de áudio e gravação: Ivan Sacerdote

Hercules Gomes
Piano: Hercules Gomes
Captação de áudio e gravação: Hercules Gomes

Leopoldo Conrado Nunes
Guitarra: Leopoldo Conrado Nunes
Sax tenor e flauta: Henrique Albino
Bateria: Júnior do Jarro
Baixo: Lucas Crasto
Captação de áudio e gravação: Estúdio Malungos
Câmera: Marco Antônio Duarte
Edição: Ugo Palermo
Fotos: Mayara Santos

[livre para todos os públicos] 

Veja também