Classificação indicativa: Livre
 

Gabriel de Almeida Prado tem a música em si desde a infância – quando criança já era interessado em ritmos e sons. Crescido, frequentando o Chama Poética – projeto da Casa das Rosas (SP) que incentiva a produção artística, principalmente de poesia e música –, o cantor entrou de vez no universo musical. Em 2018 lançou o álbum A língua e a alma, elogiado pelo musicólogo e jornalista Zuza Homem de Mello.

No começo de 2021 lançou uma campanha de financiamento coletivo para produzir seu segundo disco, Não aceito ser um só. A arrecadação superou a meta e o trabalho foi feito com direção do próprio Gabriel e coprodução de Liw Ferreira e Pedro Serapicos.

O álbum, concebido a partir do encontro de mais de 30 artistas, terá seu lançamento no Palco virtual do Itaú Cultural. No dia 30 de setembro, às 20h, o público será convidado a conhecer as 13 canções que compõem Não aceito ser um só e embarcar em uma jornada por sons do Brasil, futuros sonhados, amores comuns, dilemas individuais e novos olhares para o ser-estar humano.

Reserve seu ingresso neste link a partir das 12h de 15 de setembro.

Gabriel de Almeida Prado [com interpretação em Libras]
quinta 30 de setembro de 2021
às 20h
[duração aproximada: 60 minutos]
on-line – plataforma Sympla/Zoom
Palco virtual – 270 ingressos

[livre para todos os públicos]

Atividade gratuita

Reserve o seu ingresso [a partir de 15 de setembro, às 12h, até esgotar]

Saiba como acessar a transmissão via Sympla.

Veja também