Classificação indicativa: Livre
 

A força da tradição viva, sabedoria ancestral que se junta ao agora, ganha o acompanhamento da ciranda no caso de Lia de Itamaracá, homenageada da 55ª Ocupação Itaú Cultural. Da ilha que escolhe levar no nome, a artista incorpora o sal, o som e o sol. E, com eles, faz ondas de canto e dança, construindo uma poética e um repertório que falam da existência de forma ampla – amores, trabalho, comemorações.

Mestra da ciranda praieira, Lia dialoga com outras linguagens: das artes visuais ao cinema, da moda à gastronomia – um mar inteiro de possibilidades encantadas, representadas, na mostra, por fotos, figurinos, documentos e vídeos. Há ainda conteúdos exclusivos destinados ao site da Ocupação e ao canal do IC no YouTube, extensões virtuais que completam essa celebração.

Com a curadoria das equipes do Itaú Cultural, da jornalista Michelle de Assumpção e da cantora Alessandra Leão, a Ocupação Lia de Itamaracá convida o público para, a exemplo da ciranda, dar as mãos e festejar uma artista que, como a sua música, não tem fim.

Lia de Itamaracá | foto: André Seiti

Ocupação Lia de Itamaracá
visitação de 20 de abril11 de julho de 2022
terça a sábado 11h às 20h
domingo e feriados 11h às 19h

piso térreo

Entrada gratuita
Itaú Cultural – Av. Paulista, 149, São Paulo

[livre para todos os públicos]

Veja também