Classificação indicativa: Livre
 

“Toda leitura da palavra pressupõe uma leitura anterior do mundo, e toda leitura da palavra implica a volta sobre a leitura do mundo, de tal maneira que ‘ler mundo’ e ‘ler palavra’ se constituam um movimento em que não há ruptura, em que você vai e volta. E ‘ler mundo’ e ‘ler palavra’, no fundo, para mim, implicam ‘reescrever’ o mundo. Reescrever com aspas, quer dizer, transformá-lo. A leitura da palavra deve ser inserida na compreensão da transformação do mundo, que provoca a leitura dele e deve remeter-nos, sempre, à leitura de novo do mundo.” 

Essa escola chamada vida: depoimentos ao repórter Ricardo Kotscho

Procurando “crescer e permutar” com o humano, Paulo Freire caminhou, durante sua vida, por conceitos como pluralidade, transcendência, diálogo, humildade, trabalho e amor. Reverenciado mundialmente, o filósofo, escritor e educador pernambucano ensinou a leitura da palavra escrita – e, assim, a possibilidade da leitura do mundo – a 300 pessoas do município de Angicos, no Rio Grande do Norte, em uma célebre empreitada que marcou a história da educação no país.

Paulo Freire é o homenageado da 53ª edição do programa Ocupação Itaú Cultural. A exposição, que integra a rede de instituições e programações parceiras da 34ª Bienal de São Paulo, faz um convite ao público: venham conhecer – e reinventar – a prática desse professor que nos orienta a redescobrir as palavras e a reescrever o mundo.

Fotografia sem cores mostra Paulo Freire vestindo uma camiseta clara, um relógio no punho e óculos. Ele tem barba e levanta a mão esquerda na altura da boca, como se estivesse enfatizando algo que está dizendo. Não olha para quem faz a foto, mas, sim, parece conversar com alguém que não está no plano da imagem.
Paulo Freire (imagem: João Pires/Estadão Conteúdo)

Ocupação contará também com um site, que trará uma série de conteúdos e informações adicionais aos encontrados no espaço físico, e uma publicação impressa e digital.

Confira o verbete sobre o educador na Enciclopédia Itaú Cultural.

Ocupação Paulo Freire

sábado 18 de setembro de 2021 
a domingo 5 de dezembro de 2021 
terça a domingo 11h às 19h
piso Multiúso

Entrada gratuita

[livre para todos os públicos]

Itaú Cultural 
Avenida Paulista, 149, São Paulo, SP 
[próximo à estação Brigadeiro do metrô]

Veja também