Classificação indicativa: Livre
 

Atualizado às 14h35 de 20 de junho
Roda de leitura – um dedo de poesia: Stella do Patrocínio, que aconteceria inicialmente em 29 de junho, foi adiada e acontecerá em 24 de agosto, às 17h. Os ingressos já reservados são válidos para a nova data. Uma nova leva de ingressos será disponibilizada em 10 de agosto, às 12h.

*

A poeta Stella do Patrocínio é o nome do mês da Roda de leitura, projeto do Itaú Cultural (IC) que busca estimular a leitura compartilhada. No dia 24 de agosto, às 17 horas, poesias da autora serão lidas com os participantes, em um bate-papo. Os ingressos serão disponibilizados em 10 de agosto, às 12h, na plataforma da Sympla.

Nascida em 1941, Stella do Patrocínio foi abandonada pela família e viveu em uma clínica psiquiátrica até sua morte, em 1997. Ela se destacava dos outros pacientes por sua fala peculiar, com alto teor poético. Alguns trechos de fala foram gravados em fitas cassete e, quase 15 anos depois, transcritos, organizados em forma de poesia e reunidos em livro, que, em 2002, se tornou finalista do Prêmio Jabuti. Em 2005, o livro foi transformado em ópera pelo compositor Lincoln Antônio.

Roda de leitura promove encontros independentes entre si, trazendo textos curtos – alternando prosa e poesia – para a reflexão dos participantes e troca de experiências.

Em um fundo amarelo, há o nome do projeto, Roda de Leitura, e desenhos de rostos e livros. Tanto o título do projeto quanto os desenhos são da cor preta.
(imagem: Girafa Não Fala)

Roda de leitura – um dedo de poesia: Stella do Patrocínio [com interpretação em Libras]
quarta 24 de agosto de 2022
às 17h
[duração aproximada: 90 minutos]
on-line – plataforma Sympla/Zoom

[livre para todos os públicos]

Reserve seu ingresso [a partir de 10 de agosto, às 12h]

Saiba como acessar a transmissão via Sympla.

Veja também
Imagem da poeta, cantora, atriz e jornalista Elisa Lucinda com filtro rosa que caracteriza o podcast Pedra de Toque. O logo do programa está ao lado direito da imagem, na cor verde. Abaixo dele, está o logo do Itaú Cultural na cor branca. Elisa Lucinda é uma mulher negra e tem cabelos encaracolados

Elisa Lucinda – Pedra de toque

No primeiro episódio da nova temporada do podcast, a poeta, atriz e cantora fala de seus contatos com a poesia, do teatro e de seu interesse pela linguagem popular e pela oralidade