O ativista ambiental Paulinho Payakan, pertencente ao povo Kayapó, faleceu na madrugada de quarta-feira (17), vítima de covid-19, aos 67 anos em Redenção (PA). Considerado uma liderança importante na luta pelos direitos indígenas na Constituinte desde a década de 1980, Paulinho era ainda uma figura ativa como palestrante, conferencista e militante a favor do meio ambiente.

Durante o evento Mekukradjá – Círculo de Saberes de Escritores e Realizadores Indígenas realizado em agosto de 2018, Paulinho – junto com Irekran Payakan – externou sua preocupação com a poluição e o desmatamento causados pelos não indígenas e fez um apelo às diversas nações do mundo a respeito da construção da barragem no Rio Xingu – de cuja paralisação ele, Marcos Terena, Ailton Krenak e Jorge Terena participaram ativamente à época.

Assista ao vídeo.

No começo deste mês, o podcast Mekukradjá, apresentado por Daniel Munduruku, lançou um episódio com Paulinho Payakan. No depoimento, o líder indígena falou da importância da participação dos indígenas na produção e na disseminação de conhecimentos sobre suas culturas, além de contar um pouco dos aprendizados na cultura kayapó.

Ouça no nosso site ou clique aqui para ser redirecionado ao Spotify – programa disponível também em outras plataformas de streaming.

Saiba mais sobre Paulinho Payakan no mapeamento do Mekukradjá.

Veja também

Marcos Terena – Mekukradjá

 Marcos Terena conta sobre os direitos dos povos indígenas a partir da narrativa de histórias ouvidas e vividas   Marcos Terena conta sobre os direitos dos povos indígenas a partir da narrativa de história...

Ariel Ortega – Mekukradjá

Documentarista e integrante do Coletivo Mbya Guarani de Cinema, Ariel Ortega fala da sétima arte e da importância da criação coletiva e de produzir narrativas sobre sua cultura