Classificação indicativa: Livre

A mesa de abertura de Todos os Gêneros 2020 reúne autores participantes do livro digital ligado a esta edição do evento – que tem como tema central o conceito de masculinidades. No encontro, o jornalista Airan Albino, o artista visual Lino Arruda e o escritor Marcelino Freire comentam questões como a criação artística no contexto das masculinidades e as potências e limitações da palavra em percursos identitários. A mediação é do jornalista Thiago Rosenberg, editor da publicação.

Anualmente, Todos os Gêneros: Mostra de Arte e Diversidade pensa questões como identidade de gênero, sexualidade, corpo e afetividade, celebrando o caráter plural da experiência humana e a capacidade que cada pessoa tem de ser quem ela é.

Airan Albino (Rio Grande do Sul), jornalista com atuação nos campos da cultura e das questões de identidade racial, é cofundador do grupo MilTons, que desenvolve ações focadas na reflexão das masculinidades negras.

Lino Arruda (São Paulo), pesquisador, artista visual e quadrinista, é autor da graphic novel autobiográfica Monstrans: Experimentando Horrormônios e doutor em literatura, com tese sobre autorrepresentação travesti/trans em zines latino-americanos.

Marcelino Freire (Pernambuco), romancista, contista e poeta, também atua como professor de oficinas de criação literária e como produtor cultural. Desde 1991, vive em São Paulo, onde criou e segue promovendo a Balada Literária, evento que reúne apresentações de artistas de diferentes áreas de expressão em diversos pontos da cidade.

Mediação
Thiago Rosenberg (São Paulo), jornalista, é produtor e editor de conteúdo do Itaú Cultural.

Confira a programação completa de Todos os Gêneros 2020.

Veja também