Walnice Nogueira Galvão faz um panorama da trajetória de Antonio Candido como educador, intelectual e militante. Fala extraída da participação da convidada na mesa Obra e Militância: a Vida de um Intelectual Brasileiro, durante o colóquio internacional realizado em maio de 2018 no Itaú Cultural.

Professora emérita da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP), Walnice Galvão foi aluna e assistente de Antonio Candido. Possui graduação em ciências sociais pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL) da USP, com doutorado e livre-docência no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada. Seu campo de pesquisa concentra-se em Euclides da Cunha, Guimarães Rosa e crítica da literatura e da cultura. Tem cerca de 40 livros publicados, especialmente sobre Guimarães Rosa, Euclides da Cunha e crítica literária e cultural.

Neste 2018, quando completaria 100 anos, o crítico literário, sociólogo e professor Antonio Candido é o homenageado da 40ª edição do programa Ocupação, com curadoria do Itaú Cultural e de Laura Escorel, neta do intelectual.

Leia mais sobre o Colóquio Internacional Antonio Candido.

Sobre a Ocupação Antonio Candido.

Leia o verbete sobre o professor na Enciclopédia Itaú Cultural.

Veja também

Para o mestre com carinho

I Na obra do professor Antonio Candido, há três textos aos quais retorno com frequência. Enumer...