O músico Alceu Valença fala da infância em São Bento do Una (PE), sua cidade natal, e comenta suas referências musicais que vieram do ambiente familiar e das festas de rua.

Dos versos às rimas, do baião ao frevo, do circo ao cinema, a vida e a obra do artista são celebradas na 48ª edição do programa Ocupação, com curadoria da equipe do Itaú Cultural e em cartaz até 2 de fevereiro de 2020. Fotografias, depoimentos, objetos e produções literárias procuram desvendar os muitos mundos ocupados pelo artista.

Confira o site da Ocupação Alceu Valença.

Créditos
Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente administrativo: Sérgio Miyazaki

Gerente do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Ana de Fátima Sousa
Coordenador do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Carlos Costa
Entrevista: Heloísa Iaconis

Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Letícia Santos
Captação de imagens: André Seiti e Richner Allan
Edição: Richner Allan
Som direto: Rafael Bonifácio e Raquel Vieira (terceirizada)

Confira o verbete sobre Alceu Valença na Enciclopédia Itaú Cultural clicando aqui.

Veja também

Alceu Valença: artista

O jornalista José Teles, o guitarrista Paulo Rafael e a cantora Elba Ramalho compartilham as referências de Alceu Valença