Classificação indicativa: Livre

*Confira abaixo como foram os encontros do seminário

Para a artista plástica francesa Louise Bourgeois (1911-2010), “a arte é garantia de sanidade”. A frase, que se repete em vários momentos da trajetória da artista, reforça a ligação de suas obras com a psicanálise, sendo que, ela própria, tinha a arte como uma forma de autoanálise. Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a situação de pandemia de covid-19, em 11 de março de 2020, vimos a relação da arte e da saúde mental se entrelaçar ainda mais.

Mas, afinal, qual é o papel da arte e da cultura para o bem-estar e a psique humana? Como ela nos ajuda a enfrentar os desdobramentos implicados na sociedade, como o distanciamento social, neste um ano de pandemia?

Para olhar para o ano que passou e trazer novas perspectivas para o que está por vir, o Seminário arte como respiro promove encontros que colocam a pandemia frente a frente com três temas: os povos indígenas, a saúde e a arte e a cultura. Em 16, 17 e 18 de março, o psicanalista Christian Dunker conduz três mesas. As transmissões acontecem ao vivo, às 17h de cada dia, nesta página e no canal do YouTube do Itaú Cultural.

Mesa 1
Arte como construção de futuros possíveis
com Ailton Krenak (ambientalista, escritor e ativista indígena)

Mesa 2
Como a saúde pode ser acolhida pela arte e pela cultura
com Gonzalo Vecina Neto (médico sanitarista e professor)

Mesa 3 
As possibilidades de respiro promovidas pela arte
com Dione Carlos (dramaturga, roteirista e atriz)

Acione o lembrete nos vídeos acima para receber uma notificação quando a transmissão começar.

Veja também:
>> Neste momento de fase vermelha no estado de São Paulo, as atividades presenciais do IC estão novamente suspensas até, a princípio, 19 de março; acompanhe nossa programação on-line
>> No último ano, IC voltou-se para conteúdos virtuais
>> Caramba!: um ano de pandemia, por Silvero Pereira
>> Um planeta de refugiados ambientais: um ano de pandemia, por Ailton Krenak
>> Infinita: um ano de pandemia, por Tulipa Ruiz

Seminário arte como respiro [com interpretação em Libras]
mediação Christian Dunker
com Ailton Krenak, Gonzalo Vecina Neto e Dione Carlos
terça 16, quarta 17 e quinta 18 de março de 2021
às 17h
[duração aproximada: 60 minutos]
on-line – no site e no canal do YouTube do IC

[livre para todos os públicos]

Atividade gratuita

Veja também

Pandemia de coronavírus, um ano depois

Em um ano, aqui no site do Itaú Cultural, refletimos sobre os impactos da pandemia no setor cultural e demos vozes e palco virtual a artistas de várias áreas