16  resultados encontrados
 com a tag  revista32

Quer procurar também na Enciclopédia Itaú Cultural? Clique aqui

 

Navegue também pelo conteúdo do site do projeto Ocupação



Resultados encontrados para


Imagem com o contorno de pessoas empilhadas e com livros no colo. Todas tem um coração vermelho desenhado. Os contornos estão em preto, verde claro e azul.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | Mapeamento aldeias e aquilombamentos culturais

O Mapa aldeias e aquilombamentos culturais é resultado de um mapeamento que se propôs a identificar instituições e organizações culturais negras e indígenas em todas as regiões do Brasil, com o objetivo de compreender como tecnologias ancestrais e saberes de base comunitária têm produzido formas diversas de organização, produção e gestão no âmbito da cultura.
Desenho de representação de Zumbi dos Palmares. Na imagem, há o contorno de homem parado de perfil, segurando uma lança, com olhar para frente, este contorno está preenchimento com uma textura colorida. O fundo está em cores beges.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | A importância da de políticas públicas direcionadas à cultura funk

A pesquisadora Renata Prado realiza uma reflexão sobre importância da criação de políticas públicas direcionadas ao movimento funk, entendendo como projetos de lei podem ser uma contribuição positiva para o desenvolvimento do estilo ao garantir o direito dos jovens de ocupar a cidade.
Desenho de uma pessoa de perfil, com uma segunda deitada em seu colo. Ambas estão abraçadas. As imagens utilizam tons de preto, marrom e vermelho.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | Notas da Casa de Candaces sobre a ballroom

A partir das falas de integrantes da Casa, abordam um pouco sobre a história e a cultura ballroom, e como é possível explorar potencialidades das suas corpas na comunidade, os desafios que cada ume vivencia, os conflitos e alguns caminhos possíveis para fortalecimento, na perspectiva desse fazer cultural ancestral da diáspora negra que vivenciam.
Desenho de um pavão, com a cauda ocupando metade da imagem. O fundo está em tons vermelhos e beges.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | O papel da juventude na comunicação e na luta indígena por direitos ambientais e culturais

A presença indígena nas lutas ambientais e direitos humanos no Brasil sempre foi uma realidade, suas lideranças e a a juventude sempre a frente na garantia da resistência dos Povos. A partir disso, Alice Pataxó discute o papel da juventude na comunicação e na luta indígena por direitos ambientais e culturais
Imagem de uma sereia lendo um livro, ao redor peixes e uma arraia simulando como o fim do mar. A imagem está em tons de roxo, a figura em preto e outros detalhes em branco.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | Reflexões artístico-filosóficas sobre a Indústria Cultural

Breve panorama crítico acerca do modelo civilizatório ocidental e o papel da Indústria Cultural na construção semiótica da imagem do Eu x Outro. Como sociedades ocidentalizadas como a brasileira e sua Indústria Cultural performam o modelo ocidental colonizado e quais as estratégias para uma possível pluriversalização desta indústria.
Imagem com o contorno de várias pessoas, em diferentes cores, simulando uma multidão. As pessoas estão, na maioria, em tons escuros, azuis, marrons e rosas.
imagem: Mauricio Negro

Revista Observatório 32 | Em prol da igualdade racial: as políticas públicas e a importância do incentivo à cultura negra brasileira

A presente linha do tempo pretende apresentar o histórico das políticas públicas de reparação da desigualdade racial no Brasil, buscando evidenciar a contribuição da militância dos movimentos negros para que essas mudanças pudessem ser implementadas.
Capa da Revista Osbervatório 32, com as cores terrosa e verde claro.
imagem: Itaú Cultural

Revista Observatório 32 | Entrevistas: A importância de políticas inclusivas para arte e cultura

A partir das questões sobre o que é políticas inclusivas e qual a importância delas para promoção da igualdade racial, Erica Malunguinho, Hilton Cobra, Naná Sodré e Nell Araújo foram entrevistados para a Revista Observatório 32 e trazem diferentes perspectivas sobre o tema.