Escritor e um dos curadores do evento Mekukradjá – Círculo de Saberes, Daniel Munduruku fala sobre a importância da língua como parte da cultura de um povo e dos povos tradicionais como fator essencial à manutenção da diversidade e na construção da cultura brasileira. Ele discorre também sobre o imaginário que se tem dos indígenas, comum e pejorativamente chamados de índios. Atualmente, no Brasil, estima-se a existência de mais de 270 línguas tradicionais.

Este depoimento foi gravado em 2019. 

Saiba mais sobre no Mapeamento do Mekukradjá.

Veja também:
>>Coluna em vídeo assinada por Daniel Munduruku apresentou questões indígenas
>>
Saiba mais aqui sobre o Mekukradjá aqui

Ouça todos os episódios já disponíveis do podcast Mekukradjá aqui no site ou em aplicativos especializados, como o Spotify ou o Apple Podcasts, no celular ou no computador – basta pesquisar o nome dos programas.


ITAÚ CULTURAL

Presidente: Alfredo Setubal
Diretor: Eduardo Saron
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Ana Paula Fiorotto
Som: Raquel Vieira (terceirizada) e Tomás Franco (terceirizado)
Locução: Julio de Paula (terceirizado)
Apresentação: Claudiney Ferreira

O Itaú Cultural (IC), em 2019, passou a integrar a Fundação Itaú para Educação e Cultura, com o objetivo de garantir ainda mais perenidade às suas ações e o seu legado no mundo da cultura, ampliando e fortalecendo o seu propósito de inspirar o poder criativo para a transformação das pessoas.

Daniel Munduruku, apresentador do podcast Mekukradjá (imagem: acervo pessoal)
Veja também

Miguel Sanches Neto – Paiol Literário

Miguel Neto fala da sua trajetória – de menino do campo a professor universitário –, refletindo sobre a presença dessas vivências na sua obra literária, entre outros assuntos 

Célia Tupinambá – Mekukradjá

“A mulher sofre duas vezes, três vezes, muito mais quando seu território está sendo violado, atacado, suas lideranças ameaçadas”, disse a professora