A advogada e mestre em direito público Fernanda Kaingang é militante indígena. Neste programa, ela apresenta um panorama jurídico acerca do direito indígena à terra. Tendo já trabalhado na Fundação Nacional do Índio (Funai) e atuado como assessora jurídica para organizações indígenas nas cinco regiões do Brasil, ela explica: “O Estado reconheceu um direito que preexiste ao próprio Estado”.

Apresentado por Daniel Munduruku, o Mekukradjá, ciclo de encontros entre artistas indígenas, pesquisadores e especialistas, é um espaço no qual identidade, linguagem, questões de gênero e política cultural são discutidos.

Este depoimento foi gravado em 2017.

Saiba mais sobre Fernanda Kaingáng no Mapeamento do Mekukradjá.

Veja também:
>>
Coluna em vídeo assinada por Daniel Munduruku apresentou questões indígenas
>>Saiba mais aqui sobre o Mekukradjá aqui

Ouça todos os episódios já disponíveis do podcast Mekukradjá aqui no site ou em aplicativos especializados, como o Spotify ou o Apple Podcasts, no celular ou no computador – basta pesquisar o nome dos programas.

Veja também

Mekukradjá: ver com ouvidos atentos

Uma cobertura do Mekukradjá 2018: a importância da oralidade; saber acadêmico sobre o indígena versus saber acadêmico do indígena; e o uso das tecnologias para defender a cultura