por William Nunes de Santana

A música tem o poder de conectar pessoas, mesmo que entre elas não haja nenhuma relação – aparente. Esse é o propósito retratado em Free Seat, projeto dos artistas Pedro Carneiro Silva (músico) e Ardalan Aram (cineasta) apoiado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018.

Em Free Seat, uma cadeira livre com fone de ouvido diante de um teclado é o convite para os passantes darem uma pausa no dia corrido. Quem se arrisca a tomar o lugar diante do músico é presenteado com uma composição única, inspirada naquela pessoa, naquele ambiente e naquele exato momento.

O projeto visitou lugares cotidianos de Curitiba, Recife e Rio de Janeiro entre novembro de 2018 e janeiro de 2019.

“É muito bonito poder quebrar algumas barreiras e promover uma aproximação no cotidiano urbano através da arte e da música. Não é fácil, mas uma das coisas mais incríveis e libertadoras é conseguir dividir algo muito valioso seu com uma pessoa estranha sem ter medo”, comenta Pedro.

As performances possuem apenas uma regra: não há comunicação estabelecida entre músico e público. Há apenas música.

Veja também:
>>
Projeto "Free Seat" discute a vivência das pessoas nas cidades por meio da música

Uma particularidade registrada nessa nova etapa do projeto – que começou, há alguns anos, na Alemanha – foi a variedade social dos participantes, segundo Pedro, “um público que raramente tem acesso a esse tipo de fazer artístico, reflexo da desigualdade existente no Brasil”.

Para aprofundar a experiência, pela primeira vez os proponentes se dispuseram a realizar um minidocumentário que traz impressões sobre a sociedade atual atrelada à experiência da performance. “Uma das ideias do projeto é justamente trazer um olhar para o outro e para o que nos é estranho. Foi muito importante e marcante desenvolver esse trabalho, que promove a aproximação através da arte.”

Confira as apresentações e o minidocumentário na íntegra no site do Free Seat.

Veja também

Toca Brasil

Podcast do Itaú Cultural recebe pessoas do mundo da música para um bate-papo com Edson Natale