Classificação indicativa: Livre

A 45ª edição do programa Ocupação Itaú Cultural homenageia, em parceria com o Instituto Alana, a educadora Lydia Hortélio. Nascida em 1932, em Salvador (BA), e criada em Serrinha, cidade do sertão baiano, ela defende a cultura da criança e a liberdade conquistada pelo ser humano, pequeno ou grande, que brinca e entoa cantigas.

Na mostra, o público é convidado a entrar em um universo repleto de singelezas, desde as referências às paisagens naturais até o brincar com cinco pedrinhas. Fotografias, manuscritos e vários depoimentos recriam a trajetória das pesquisas da sábia que, aos 86 anos, permanece também menina. 

Além do espaço expositivo, há uma publicação impressa, distribuída gratuitamente na recepção do instituto a partir do dia de abertura, e uma série de conteúdos on-line, como entrevistas em vídeo com Lydia e profissionais ligados a ela. No dia 20 de julho, confira esses e outros materiais no site itaucultural.org.br/ocupacao.

Veja também:
>>Quatro espetáculos musicais dialogam com a Ocupação Lydia Hortélio
>>Em julho, o Cantinho da Leitura inspira-se em Lydia Hortélio
>>Dia de debates explora a cultura da criança

A educadora Lydia Hortélio | foto: André Seiti

Ocupação Lydia Hortélio

abertura

sábado 20 de julho de 2019
às 11h

visitação
até domingo 8 de setembro de 2019
terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h
piso térreo

Entrada gratuita

[livre para todos os públicos]

Veja também