Classificação indicativa: Livre

Quais são as perspectivas para o futuro quando pensamos em política e gestão cultural, economia da cultura e política para as artes? Com o objetivo de debater os desafios presentes em nosso segmento a partir do atual cenário de isolamento social, a série Diálogos Itaú Cultural convida dirigentes e agentes de diferentes áreas de expressão e regiões do Brasil para pensar a cultura em nosso país.

Hoje, 10 de junho, às 17h, Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural (IC), conversa com Jô Santana, diretor artístico da Fato Produções Artísticas, e Monique Cardoso, coordenadora do Festival das Artes Cênicas do Ceará.

Jô Santana é ator, produtor e diretor artístico da Fato Produções há 27 anos. Formado em artes cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), produziu mais de 60 espetáculos teatrais. Em 2020, recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo, como melhor produtor independente, pelo musical Dona Ivone Lara – um Sorriso Negro.

Monique Cardoso é atriz, pesquisadora, produtora e gestora cultural. Mestra em artes pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal do Ceará (UFC), é sócia-diretora da ATO Marketing Cultural e dirige o Festival das Artes Cênicas do Ceará.

Confira todos os nossos Diálogos aqui.

Veja também