Classificação indicativa: Livre

"No fundo do mato-virgem nasceu Macunaíma, herói de nossa gente. Era preto retinto e filho do medo da noite. Houve um momento em que o silêncio foi tão grande escutando o murmurejo do Uraricoera, que a índia, tapanhumas pariu uma criança feia. Essa criança é que chamaram de Macunaíma.”

A compositora, cantora, instrumentista e performer Iara Rennó leu esse primeiro trecho do Macunaíma, de Mário de Andrade, impressionou-se com seu ritmo, sua sonoridade, passou a ouvir ali uma música que “começou a tocar e não parou mais”. A partir dessa escuta, criou o musical Macunaíma Ópera Tupi – Trans_criação, encenado pela primeira vez em 2010. Neste 2019, Iara recria mais uma vez a obra do escritor, no espetáculo Macunaíma Pocket Ópera, que ocorre no Itaú Cultural em 17 de maio, às 20h.

Tocam em Macunaíma Pocket Ópera, além de Iara, Simone Sou e Aline Falcão (guitarra, bateria, synths) e Luiz Amato (na regência de um quarteto de cordas), com participação especial da cantora Negravat. O repertório é o registrado no disco derivado do trabalho original, Macunaíma Ópera Tupi  (2008), que pode ser ouvido aqui, incluindo a Bachiana Nº 5, do compositor Heitor Villa Lobos.

Iara Rennó lançou os álbuns Arco e Flecha (2016), Iara (2013), A.B.R.A. Pré-Cá (2012), Filme Brasileiro (2005) e Composição (2003). Compôs mais de cem músicas, executadas por intérpretes como Elza Soares, Ney Matogrosso, Gaby Amarantos e Ava Rocha. Publicou, pela editora Patuá, o livro de poesias Língua Brasa Carne Flor.

Assista abaixo a um trecho de outro espetáculo desdobrado a partir de Macunaíma Ópera Tupi, o Ópera Baile, no Teatro Oficina, em São Paulo:

O escritor, gestor cultural e pesquisador da cultura popular Mário de Andrade, um dos maiores nomes da primeira geração do modernismo brasileiro, foi homenageado pelo Ocupação Itaú Cultural em 2013. No site do programa, você acessa parte do material da exposição, além de outros conteúdos exclusivos sobre o autor, como entrevistas.

Iará Renno [com interpretação em Libras]
sexta 17 de maio de 2019
às 20h

[duração aproximada: 90 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

[livre para todos os públicos]

Veja também