A quarta edição do Festival Arte como Respiro apresenta 64 obras de poetas e poetisas surdos, compostas em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e em Visual Vernacular. Essas produções serão lançadas em blocos temáticos nos sábados de novembro (dias 14, 21 e 28) e dezembro (5, 12 e 19), além dos domingos 13 e 20 de dezembro, sempre às 17h.

Coronavírus, Empoderamento Negro, Resistência, Território, Empoderamento Surdo, Cotidianos, Reflexões Poéticas e Natureza – esses são os temas que reúnem as poesias. O conjunto apresentado aqui é a segunda leva de selecionados dessa área de expressão no edital de emergência lançado pelo Itaú Cultural em abril de 2020.

A seguir, disponibilizamos informações sobre os artistas e as criações que fazem parte de cada bloco. Atente às datas de lançamento. Cada bloco temático ficará disponível por 15 dias.

Festival Arte como Respiro – quarta edição | Poesia Surda
sábados 14, 21 e 28 de novembro e 5, 12 e 19 de dezembro

domingos 13 e 20 de dezembro
lançamento às 17h – os blocos ficarão disponíveis por 15 dias

on-line – site do Itaú Cultural

sábado 14 de novembro

Coronavírus

Graciete Soares Azevedo de Oliveira (SC)
“A Carta para Coronavírus”, Visual Vernacular

Rafael Caldeira dos Santos (DF)
“Humanidade em Observação”, Libras

Cláudio Henrique Nunes Mourão (RS)
“O Sol nos Números da Vida”, Libras

Thaís Regina Moreira Lobeu (DF)
“Respire”, Libras

Bruno Ramos da Silva (SP)
“A Guerra em Nós”, Libras

Kauana Cristina Vieira (SC)
“O Inimigo Invisível”, Libras

Alan Henrique Godinho Durand (PE)
“A Saudade da Família”, Visual Vernacular

Daniel Oliveira da Silva (RS)
“Batida do Coração”, Libras

Wendel de Oliveira (RO)
“Tempos Atrás”, Libras

[livre para todos os públicos]

Acesse aqui até 29 de novembro.

sábado 21 de novembro

Empoderamento Negro

Priscilla Leonnor Alencar Ferreira (BA)
“Resistência Negra Surda”, Libras

Adriana Marcondes Marques (DF)
“A Mulher da Flor de Cravo Negra”, Libras

Elinilson do Espírito Santo Soares (BA)
“Terreiro Meu Lugar de Refúgio”, Visual Vernacular

Lucas Sousa da Cruz (PE)
“Disparo de Bala”, Libras

[classificação indicativa: 12 anos]

Acesse aqui após as 17h do dia 21 de novembro.

sábado 28 de novembro

Resistência

Flávia Sousa Holanda (CE)
“Tanque de Flor”, Visual Vernacular

Leonardo Braconnot Freitas (RJ)
“Arco-Íris”, Libras

Germano Carlos Dutra Junior (SC)
“Corpo Positivo”, Libras

Lygia Portilho Neves (RJ)
“Adeus Constituição 1988”, Libras

Leonardo Barbosa Castilho (SP)
“O Mundo Invisível”, Libras

Elivelton Everton da Silva (SP)
“Uma Carta”, Libras

Karen Marques Calasancio (DF)
“Escolhas”, Libras

Flávia Zaira Santino Lima (PB)
“O Voo da Ave de Volta ao Lar”, Libras

Eduardo Pereira Rocha (SP)
“Sentido Negativo e Positivo”, Libras

Jaqueline Freitas de Miranda (AP)
“Continue a Tentar”, Libras

Marcos Nascimento de Santana (SP)
“Queremos Ser Apenas Quem Somos”, Libras

Thais de Freitas Martins Santos (SP)
“Quebrei a Minha Inocência”, Libras

Magda Regina Velcic (RN)
“Quem Sou Eu Neste Momento?”, Libras

Gabriel Otávio Rocha Benfica (MG)
“Te Julgar”, Libras

Daniel Almeida de Lima (CE)
“O Fogo que Nunca Apaga”, Libras

[classificação indicativa: 12 anos]

Acesse aqui após as 17h do dia 28 de novembro.

sábado 5 de dezembro

Território

Klícia de Araújo Campos (PR)
“Memórias do Sertão”, Libras

Pedro Luiz Serafim Sobrinho (BA)
“Cultura Baiana em Salvador (BA)”, Visual Vernacular

Cássio Freitas Silveira Silva (RS)
“Guerra Farrapos”, Visual Vernacular

Rebbekka Santos de Souza (PE)
“O Orgulho de Ser Nordestina”, Libras

Fernanda de Araújo Machado (SC)
“Voo sobre Rio”, Libras

[classificação indicativa: 10 anos]

Acesse aqui após às 17h do dia 5 de dezembro.

sábado 12 de dezembro

Empoderamento Surdo

Rafaela Piekarski Hoebel Lopes dos Santos (PR)
“Quem Sou eu, Surda?”, Libras

Elias Paulino da Cunha Junior (SP)
“Martelando as Muralhas”, Libras

Gabriel Isaac Lima de Sousa (SP)
“Homenagem à Lei de Libras”, Libras

Talita Nabas Tavares (SP)
“Intérprete Amigo”, Libras

Renata Rocha de Freitas (CE)
“Chega de Pena”, Libras

Maria Júlia Fernandes de Souza (PE)
“Uma Surda Pode Atuar na Área da Saúde”, Libras

Giuliano Robert (PR)
“Uma Vida”, Libras

Lucas Sacramento Resende (BA)
“O que É Justo?”, Libras

[livre para todos os públicos]

Acesse aqui após as 17h do dia 12 de dezembro.

domingo 13 de dezembro

Cotidianos

Marcos Patrício de Araújo e Silva (PI)
“Leão”, Visual Vernacular

Bruno Ferreira Abrahão (RJ)
“O Medo”, Libras

Cláudio Aparecido do Rosário (RS)
“Águia × Cobra”, Visual Vernacular

Aline Gomes da Silva (RJ)
“A Minhoca Dentro da Maçã”, Libras

Fábio de Sá e Silva (SP)
“Pizza”, Visual Vernacular

Italo Ian Garrett Lira de Lemos (DF)
“Não Há Lugar Melhor”, Visual Vernacular

Lilian Thais Ribeiro (SP)
“Bolo”, Visual Vernacular

Renata Cristina Fonseca de Rezende (DF)
“O Gato e a Mosca”, Visual Vernacular

[livre para todos os públicos]

Acesse aqui após as 17h do dia 13 de dezembro.

sábado 19 de dezembro

Reflexões Poéticas

Leoncio de Albuquerque Oliveira (PE)
“A Pessoa Vem, Dou Coração para Ele e Ele Rouba”, Libras

Luiz Gabriel Pereira Garcia (PR)
“A Dança da Vida”, Libras

Victoria Hidalgo Pedroni (SC)
“Do Fundo do Ouvido Nasce uma Árvore”, Visual Vernacular

Sabrina Svetlana Alencar Panzenhagen (RS)
“Tecendo em Silêncio”, Libras

Marcelo Lorensi Bertoluci (SC)
“Descobrindo-se”, Libras

Isaack Saymon Alves Feitoza Silva (RN)
“Transformação da Vida”, Libras

Leandro Ferreira Morais (MG)
“Amigo Falso”, Libras

Wilson da Silva de Souza (SP)
“Outros Tempos”, Libras

Michel Freire Marques (RN)
“O Quadrado do Dia”, Libras

[classificação indicativa: 10 anos]

Acesse aqui após as 17h do dia 19 de dezembro.

domingo 20 de dezembro

Natureza

Edmeia Miriam Cupertino (MG)
“Refúgio”, Libras

Darlene Seabra de Lira (PE)
“A natureza grita”, Libras

João Batista Alves de Oliveira Filho (CE)
“O Princípio, o Fim e o Princípio”, Libras

Paola Ingles Gomes (SP)
“Os Animais, Bem Como os Humanos Têm Sentimentos, Almejam a Liberdade”, Visual Vernacular

Davi Pereira da Silva Júnior (DF)
“O Riacho”, Libras

Mariana Ayelen Gomes Soares de Lima (SP)
“Devorando Nossa Terra”, Libras

[livre para todos os públicos]

Acesse aqui após as 17h do dia 20 de dezembro.

Veja também