A cantora Áurea Martins fala sobre suas referências musicais, sobre a época dos grandes programas de calouro e a origem do seu nome artístico. Relembra a época que atuou como crooner e as dificuldades e preconceitos enfrentados por ser uma mulher negra que não cantava samba. Áurea fala também dos músicos que admira e pôde conhecer ao longo de sua carreira, como a cantora brasileira Elizeth Cardoso, o músico brasileiro Johnny Alf, o músico estadunidense Stevie Wonder e as cantoras estadunidenses Sarah Vaughan e Carmen McRae.

Áurea Martins (Foto: Christina Rufatto)

Entrevista realizada para a série +70, do Álbum Itaú Cultural, site de música do instituto, em setembro de 2016, em São Paulo/SP.

Confira todas as matérias feitas para a série +70.

Créditos
Gerente do Núcleo de Música: Edson Natale
Coordenadora do Núcleo de Música: Andreia Schinasi
Produção do Núcleo de Música: Bianca Costa
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes
Produção audiovisual: Roberta Roque
Entrevista: Itamar Dantas (terceirizado)
Captação e edição: Gasolina Filmes