Mário Manga fala sobre o cantor, compositor e produtor Raul Seixas, um dos símbolos do rock n'roll nacional. Em 1972 Raul tornou-se conhecido como cantor solo após inscrever "Let Me Sing, Let Me Sing" (parceria com Nadine Wisner) e "Eu Sou Eu, Nicurí É o Diabo" no VII Festival Internacional da Canção, da Rede Globo. Com o jornalista Paulo Coelho, iniciou uma parceria que resultou em gravações no LP Krig-Ha Bandolo, em 1973. Raul é o autor de clássicos como "Gita", "Tente Outra Vez", "Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás", "Ouro de Tolo", entre outros. Em 1992, foi lançado o CD O Baú do Raul, em que artistas como Marcelo Nova, Zélia Duncan, Lobão, Gabriel O Pensador, Caetano Veloso prestaram homenagem a Raulzito.