Trecho do debate "O que é Patrimônio Imaterial", promovido pelo Itaú Cultural. Neste excerto, a diretora do Museu Imperial/Iphan Maria de Lourdes Parreiras Horta explica que não existe manifestação cultural sem um suporte de comprovação em forma física e perceptível.

O debate levantou, entre outras questões, como trabalhar na identificação e difusão da enorme diversidade de expressões do patrimônio imaterial e como investigar e colaborar para a conservação dessas manifestações sem intervir em sua dinâmica. O evento também marcou o lançamento do livro Ausência e Presença em Gameleira do Assuruá, do artista plástico Bené Fonteles. Além do autor e de Maria de Lourdes Horta, participaram da mesa-redonda Jurema Machado (coordenadora da área cultural da Unesco) e Mário Damineli, sociólogo e assessor técnico do SESC. Mediação do antropólogo e historiador Marcelo Manzatti.