Paula Anacaona é tradutora e tem uma editora especializada em literatura. No depoimento, ela fala de sua editora, do processo de trabalho, do acesso aos escritores brasileiros, de seu interesse pela literatura marginal e da importância do trabalho de edição e originalidade nas publicações. Diz também que na tradição francesa o conto não é muito popular, mas, para ela, é o futuro da literatura.

Depoimento gravado em novembro de 2014, no Itaú Cultural.

Créditos
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora de conteúdo audiovisual: Kety Fernandes
Produção audiovisual: Roberta Roque
Entrevista e roteiro: Gabriel Carneiro (terceirizado)
Captação e edição: Guido Marcondes (terceirizado)

Confira mais vídeos do Conexões.