No mês de abril, o Itaú Cultural apresenta uma programação com cantores e compositores dos mais diferentes gêneros musicais. Quem abre a série de shows é o rapper Msário, no dia 7 de abril, apresentando seu primeiro disco solo, Sangue de Leão. Na sexta-feira (8), ainda na cena do rap e do hip-hop, é a vez de o MC Rodrigo Ogi subir ao palco do instituto. Já no sábado, os diferentes ritmos e instrumentos da banda Sala Espacial invadem nosso espaço e, no dia seguinte (10), o cantor baiano Vicente Barreto retorna aos palcos – depois de um hiato de dez anos – com seu 11o disco, Cambaco.

O rapper Msário foi integrante do grupo Pentágono por 12 anos e agora lança disco soloO MC Rodrigo Ogi apresenta ao público as canções de seu segundo disco, RáFormado em 2014, o Sala Espacial realiza intervenções artísticas, performances de dança, teatro e circo em suas apresentaçõesO cantor e instrumentista baiano Vicente Barreto apresenta seu 11º disco, Cambaco

Ex-integrante do grupo Pentágono, o rapper paulista Msário interpreta as faixas de seu primeiro álbum solo, Sangue de Leão, no dia 7 de abril. Fazem parte do repertório canções como “Única Opção”, “Basta Eu Pedir”, “Não Ah” e “Vim de Longe – cujas rimas mergulham em sonhos, frustrações, desejos e metas do cantor –, além de alguns clássicos do Pentágono. No show, Msário é acompanhado por Jeff Boto (DJ), Bruno Dupre (voz e guitarra), Rafael da Costa (baixo), Felipe Costa (bateria) e Bruno Marcucci (teclado).

Veja também:
>> Entrevista com Vicente Barreto no Álbum Itaú Cultural

No dia 8 de abril, quem sobe ao palco é Rodrigo Hayashi, mais conhecido como Rodrigo Ogi. O MC apresenta ao público o segundo álbum de sua carreira, intitulado e considerado um dos melhores discos de rap brasileiro em 2015. Fortemente influenciado pelo hip-hop norte-americano dos anos 1990 – a chamada Golden Era – e também por ritmos como samba, brega, rock e afrobeat, Ogi conta histórias em suas músicas e faz um retrato das grandes cidades ao tratar de temas como a violência policial, drogas, sexo, a vida noturna, vitórias e frustrações.

Já no sábado 9 de abril, a banda Sala Espacial exibe um show sinestésico. Formado em 2014, o conjunto realiza intervenções artísticas, performances de dança, teatro e circo em suas apresentações, buscando levar ao público um espetáculo mágico, cheio de cheiros e cores. Além disso, o grupo utiliza instrumentos variados, dos mais tradicionais aos mais inusitados. No Itaú Cultural, a banda – formada por Teco Martins (voz, guitarra e baixo), Amanda Nogueira (voz), Rodrigo Caggegi (voz, baixo e violão), J. Valença (sopro, violino e voz), Alexandre Iafelice (bateria, percussão e voz), Pedro Iafelice (teclado, acordeom, cosmocicleta e voz), Caio C. (percussão) e Leo Ahau (performer) – apresenta canções de seu primeiro disco, Casa Moxei, de 2015.

Fechando o fim de semana, o cantor e instrumentista baiano Vicente Barreto apresenta seu 11º disco, Cambaco, lançado após dez anos de hiato. No novo trabalho, o músico realiza parcerias com diversos letristas da cena contemporânea paulistana, como Manu Maltez, Kiko Dinucci, Rômulo Fróes, Rodrigo Campos e Rafa Barreto, filho de Vicente. No repertório estão canções como “Herança”, “Sabiás”, “Roda de Capoeira”, “Tataravô” e “Preço do Amanhecer – o artista baiano canta e toca violão ao lado do filho (guitarra), de Fábio Sá (baixo) e Sérgio Machado (bateria).

Msário
quinta 7 de abril de 2016
às 20h
[duração aproximada: 75 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 249 lugares

Entrada gratuita – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

[livre para todos os públicos]

Rodrigo Ogi
sexta 8 de abril de 2016
às 20h
[duração aproximada: 80 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 249 lugares

Entrada gratuita – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

[classificação indicativa: 14 anos]

Sala Espacial
sábado 9 de abril de 2016
às 20h
[duração aproximada: 80 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 249 lugares

Entrada gratuita – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

[livre para todos os públicos]

Vicente Barreto
domingo 10 de abril de 2016
às 19h
[duração aproximada: 80 minutos]
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 249 lugares

Entrada gratuita – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência

[livre para todos os públicos]