Na programação do Terça Tem Teatro de abril, o Itaú Cultural traz apresentações com diferentes estilos e temáticas de discussão: nos dias 5 e 6, o espetáculo Uma Espécie de Alasca; no dia 19, a montagem Memórias Impressas, que mescla teatro, performance e improviso; e, fechando a série no dia 26, a peça Cor de Chumbo.

Escrito pelo dramaturgo inglês Harold Pinter, o espetáculo Uma Espécie de Alasca é inspirado no livro Tempo de Despertar, do renomado neurologista Oliver Sacks. Na obra, o autor descreve casos de pessoas que ficaram adormecidas por décadas e de repente voltaram ao mundo graças a um novo medicamento. Na peça, a protagonista é Débora, que acorda com a mente de uma adolescente após ficar 29 anos em coma em razão da doença do sono.

Cor de Chumbo se passa na década de 1970 e conta a história de Patrícia, uma ex-prostituta que agora realiza shows musicais em uma boateO médico Hornby, Débora e sua irmã Paulinha: os personagens da peça Uma Espécie de Alasca, inspirada em obra do neurologista Oliver Sacks

A montagem Memórias Impressas, por sua vez, apresenta um formato diferente. O espetáculo é uma idealização do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e mistura teatro, performance e improviso ao explorar os conceitos de memória e cicatriz no universo feminino, com o objetivo de discutir a violência contra a mulher. Em um espetáculo único, três atrizes interagem com o figurino, a luz e o som, improvisando a partir de instruções.

A peça Cor de Chumbo, que se passa em uma casa de shows nos anos 1970, em plena ditadura militar no Brasil, fecha a programação teatral do mês. Horas antes de a boate abrir, Patrícia, ex-prostituta que agora faz shows musicais, ensaia suas músicas acompanhada de um pianista. Ela discorre sobre o cotidiano, o medo da violência nos "anos de chumbo" e seu relacionamento como amante de um general.

Todas as apresentações contam com interpretação na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Leia mais na aba Programação.

Terça Tem Teatro
terças 5, 19 e 26 de abril de 2016
quarta 6 de abril de 2016
às 20h
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 247 lugares

Entrada gratuita – ingressos distribuídos com meia hora de antecedência