No dia 19 de julho, fizemos uma visita educativa com os alunos do projeto Experiência Escola à exposição Oscar Niemeyer: clássicos e inéditos. A atividade incluiu uma visita externa aos prédios construídos pelo arquiteto no centro de São Paulo. A proposta foi conhecer um pouco a obra de Niemeyer e pensar sobre a arquitetura moderna, a partir da experiência de ver esses edifícios em sua construção atual.

Mostrando fotos da São Paulo antigaProjeto Experiência Escola visitando os prédios de Niemeyer em São Paulo

Os alunos receberam um material com a síntese de algumas obras de Niemeyer e de outros arquitetos que são ícones da cidade de São Paulo para fazer um contraponto com o que havia de linguagem arquitetônica na cidade antes de Niemeyer. Além disso, o material incluía uma moldura de papel que foi utilizada em uma atividade de redirecionamento do olhar, na qual escolhemos o que gostaríamos de ver ou mostrar – assim como fazemos em aplicativos de celulares e redes sociais, só que agora como experiência a ser vivenciada na realidade, não virtualmente.

Começamos com a leitura do texto “As Cidades e a Memória”, de Ítalo Calvino, seguida de um levantamento de ideias para iniciar a reflexão e estimular um conhecimento de grupo. Depois, entramos no espaço expositivo, onde pudemos comentar alguns pontos interessantes nas construções, que deveriam ser observados no trajeto pelo centro – como as janelas em fita, os pilotis e também histórias da fundação do Parque do Ibirapuera.

Chegando ao centro da cidade, iniciamos nossa visita pelo edifício Copan, nos atentando aos detalhes que foram vistos na maquete presente na exposição. A reação do grupo foi especial para nós: ao se depararem com o prédio e suas proporções, os alunos ficaram muito surpresos com a beleza do edifício. Alguns ficaram até assustados, por nunca terem reparado naquelas formas, mesmo já tendo passado pelo local tantas vezes. Outros, muito curiosos, fizeram perguntas sobre os apartamentos, a função da parte externa de cimento e o comércio existente no prédio.

Continuamos visitando e conversando sobre os edifícios Eiffel, Califórnia e Triângulo, todos construções de Niemeyer.

Mas, estando em um local como o centro da cidade, era impossível não comentar um pouco a respeito de tantos outros pontos importantes e turísticos, como o Edifício Itália, a Prefeitura, o Vale do Anhangabaú, o Teatro Municipal. Para isso, contamos com a ajuda dos mediadores do projeto Experiência Escola e com o repertório de cada aluno e professor presente no grupo. Eles dividiram um pouco de seu conhecimento e suas lembranças, gerando um encontro que promoveu a percepção e a reflexão acerca da cidade e dos espaços onde vivemos e habitamos.

Você já visitou algum prédio de Niemeyer em São Paulo? Conte para nós como foi a sua experiência!