“Antinomies I”, do músico brasileiro Rogério Duprat, foi composta em 1962, perdida em um metrô europeu, reescrita em 1966 e redescoberta pelos músicos Ricardo Stuani e Itamar Vidal. Outra curiosidade é que a partitura não é o clássico pentagrama e utiliza uma escrita grafista. A composição foi realizada em 32 circunferências, unidades estruturais de música. Dentro delas, angulações indicam a proporção de tempo de cada instrumento, incentivando improvisações e intervenções dos músicos.

A obra será executada a partir de uma montagem idealizada por Itamar. Além da partitura perdida, serão apresentadas canções que conversam com a composição: “Panis et Circenses”, de Caetano Veloso e Gilberto Gil; “Eric Dolpgy Memorial Barbecue”, de Frank Zappa; e “Noite Vazia”, também de Duprat.

Selecionado pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016, o espetáculo estreia no dia 2 de junho de 2017, no Auditório Ibirapuera.

Saiba mais sobre a apresentação.

Outras informações sobre o projeto Antinomies I.

Conheça mais sobre a obra de Duprat.

Vídeo: Daniel Perseguim