Nesta edição especial em vídeo do Discoreografia – Música, Dança e Blá-Blá-Blá, Elisabete Finger encontra o cineasta brasileiro Karim Aïnouz em Berlim. Num passeio pela cidade, o diretor de filmes como Madame Satã, O Céu de Suely e Praia do Futuro apresenta o bairro onde mora na capital alemã. A cada parada os dois conversam sobre um filme, uma música, e traçam relações entre cinema, dança, música, corpo e movimento na obra de Karim. A casa do cineasta, o Aeroporto de Tempelhof, a sede do coletivo de artistas brasileiros Agora e o bar Paloma são alguns dos lugares visitados.

Karim Aïnouz nasceu em Fortaleza/CE e vive em Berlim há quase dez anos. É diretor de cinema e artista visual. Seu primeiro longa-metragem, Madame Satã, estreou no Festival de Cannes em 2002 e ganhou mais de 40 prêmios em festivais de cinema nacionais e internacionais. Seus filmes seguintes não ficaram para trás e marcaram o nome do cineasta como um dos principais artistas do cinema nacional contemporâneo. O Céu de Suely; Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo; O Abismo Prateado; e Praia do Futuro são obras que levam o espectador a mergulhar num cinema de sensações, de personagens que se revelam em gestos e danças, muito mais do que em diálogos e textos.

Músicas
1. “Heroes” – David Bowie
2. “Tudo que Eu Tenho” – Diana
3. “Noite Cheia de Estrelas” – Cândido das Neves, versão cantada por Lázaro Ramos
4. “Sonhos” – Peninha
5. “Maniac” – Michael Sembello
6. “Somebody Told Me” – DJ Lawrence

Registro realizado em Berlim em dezembro de 2016.

Confira as edições do Discoreografia – Música, Dança e Blá-Blá-Blá.

Créditos
Presidente: Milú Villela
Diretor-superintendente: Eduardo Saron
Superintendente administrativo: Sérgio Miyazaki
Gerente do Núcleo de Artes Cênicas: Galiana Brasil
Coordenador do Núcleo de Artes Cênicas: Carlos Gomes
Produção do Núcleo de Artes Cênicas: Jaqueline Vasconcellos
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Ana Paula Fiorotto
Concepção, roteiro e apresentação: Elisabete Finger (parceira)
Consultoria para adaptação em audiovisual: Murilo Morégola (parceiro)
Produção local em Berlim: Marina Weis (terceirizada)
Fotografia e câmera: Inken Sarah Mischke e Marina Weis (terceirizados)
Captação de som: Shinya Kitamura (terceirizado)
Edição: Caetano Tola (terceirizado)
Make-up: Kika Ortiz (terceirizada)
Stylist: Simone Pokropp (terceirizada)
Figurino: Casa Juisi
Imagens dos filmes Madame Satã e O Céu de Suely cedidas pela VideoFilmes
Imagens de arquivo cedidas por Karim Aïnouz
Agradecimentos: Janaina Bernardes e Studio Karim Aïnouz, Caique Tizzi, Marcela Donato e Maha Raddatz (Agora Collective), Ingo Ohm (Paloma e Fahimi Bar – Berlim), DJ Lawrence e Casa Juisi
Apoio: Goethe-Institut São Paulo

Veja também