Ocupação

Enquanto você lê este texto, como está a planta do seu pé esquerdo? Os joelhos estão estendidos ou dobrados? E os ombros, alinhados? Pele, ossos, articulações corporais e como elas se manifestam no espaço têm sido, desde a década de 1950, o foco das investigações realizadas por Angel Vianna – um dos principais nomes da história da dança no Brasil e a 38ª homenageada do programa Ocupação. Apaixonada pelo corpo e por pessoas, a artista – no sentido contrário à noção moderna de dissociação entre corpo e mente – dedicou-se a estudar o ser humano completo, dono de um corpo que sente e pensa por inteiro.

Angel iniciou sua carreira em Belo Horizonte, cidade em que nasceu em 1928 e onde fez sua primeira formação, em balé clássico. Foi ainda na capital mineira que encontrou seu companheiro de vida e de obra, Klauss Vianna (1928-1992). Da parceria profissional surgiu a primeira escola de dança; e do amor, o primeiro filho do casal, Rainer Vianna (1958-1995) – também devotado ao universo da dança.

Depois de uma temporada em Salvador na década de 1960, Angel estabeleceu-se no Rio de Janeiro, onde, além de sua atuação como bailarina e coreógrafa, inaugurou uma série de iniciativas voltadas para o ensino da dança. Fundamentado sobre a ideia de que todo ser humano é criador e de que as particularidades individuais são a essência dessa criação, o trabalho de Angel estendeu-se para além dos campos artístico e educativo, chegando também ao terapêutico.

A Ocupação Angel Vianna revela momentos importantes dessa carreira e celebra, por meio de vídeos, fotos e documentos, a energia e a sensibilidade da artista que, prestes a completar 90 anos, permanece plenamente ativa e deixando-se instigar pelo mundo.

A mostra integra o rol de atividades do Itaú Cultural que visam valorizar as artes cênicas brasileiras. Já foram homenageados pelo programa Ocupação artistas e coletivos como Grupo Corpo, Ballet Stagium e o casal Maria e Herbert Duschenes. Para saber mais, acesse itaucultural.org.br/ocupacao.

Itaú Cultural


Ficha técnica

Concepção e realização Itaú Cultural
Curadoria Itaú Cultural e AnaVitória
Projeto expográfico Carmela Rocha e Stéphanie Freitas
Pesquisa Jan Macedo

ITAÚ CULTURAL
Presidente Milú Villela
Diretor-superintendente Eduardo Saron
Superintendente administrativo Sérgio M. Miyazaki

NÚCLEO DE ARTES CÊNICAS
Gerência Galiana Brasil
Coordenação Carlos Gomes

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO E RELACIONAMENTO
Gerência Valéria Toloi
Coordenação de projetos especiais Tayná Menezes
Produção executiva Tiago Ferraz
Coordenação de atendimento e formação Samara Ferreira
Equipe Amanda Freitas, Caroline Faro, Edinho Santos, Elissa Sanitá (estagiária), Gabriela Lima (estagiária), Livia Moraes (estagiária), Luísa Saavedra, Maria Luisa Ramirez, Mariane Souza (estagiária), Raphael Giannini, Renan Jordan (estagiário), Sidnei Junior, Thiago Borazanian, Victor Soriano e Vinícius Magnun

NÚCLEO DE COMUNICAÇÃO E RELACIONAMENTO
Gerência Ana de Fátima Sousa
Coordenação Carlos Costa
Produção e edição de conteúdo Maria Clara Matos e Thiago Rosenberg
Redes sociais Renato Corch
Supervisão de revisão Polyana Lima
Revisão de texto Karina Hambra e Rachel Reis (terceirizadas)
Produção editorial Luciana Araripe
Identidade e comunicação visual Guilherme Ferreira e Luciana Orvat (terceirizada)
Captação e edição de imagens André Seiti

NÚCLEO DE AUDIOVISUAL E LITERATURA
Gerência Claudiney Ferreira
Coordenação Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual Paula Bertola
Captação de imagens, roteiro e edição Richner Allan e Sacisamba (terceirizada)
Captação de som André Bellentani e Tomás Franco (terceirizados)

NÚCLEO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS
Gerência
Henrique Idoeta Soares
Coordenação Vinícius Ramos
Produção Agenor Neto (terceirizado), Carmen Fajardo, Érica Pedrosa, Juliana Mendes (terceirizada), Wanderley Bispo e Wellington Rodrigues (estagiário)

AGRADECIMENTOS
Diário de Minas, Dulce Aquino, Estado de Minas (jornal), Folha de S.Paulo, Frederico Morais, Jaqueline Vasconcellos, Jorge Eduardo, Jornal da Dança, Jornal do Brasil, Lula Wanderley, Maria Alice Poppe, MultiRio, Neide Neves, O Globo, Tainá Vianna e TVE Brasil