>>EXPOSIÇÃO PRORROGADA ATÉ O DIA 13 DE JANEIRO DE 2019<<

Montada pela primeira vez em 2016, no Itaú Cultural, em São Paulo, a mostra Santos-Dumont na Coleção Brasiliana Itaú chega à cidade de Fortaleza, no Ceará. De 3 de agosto a 9 de dezembro a exposição, que exibe a trajetória do inventor, permanece no campus da Universidade de Fortaleza, dentro do Espaço Cultural Unifor.

A abertura ocorre no dia 2 de agosto, às 19h. No dia 3, às 9h30, é realizada uma palestra com a curadora da mostra, Luciana Garbin, sobre os materiais ligados a Santos-Dumont que estão na Coleção Itaú e sobre o processo de produção da exposição.

Com cenografia de Henrique Soares, Santos-Dumont na Coleção Brasiliana Itaú abrange desde momentos pessoais – como a Fazenda Cabangu, onde nasceu o homenageado – até a sua produção nas áreas em que atuou: inovação, ciência e design. Objetos, matérias de jornal (Santos-Dumont monitorava as referências ao seu nome), documentos e fotos apresentam o seu percurso. Além disso, há uma reprodução de sua biblioteca, com livros de sua autoria e outros que o inspiraram, e uma réplica do aeroplano Demoiselle.

Leia a publicação lançada na abertura da exposição em São Paulo:

Alberto Santos-Dumont (1873-1932), filho de engenheiro, era afeiçoado às máquinas desde a infância – operava aparelhos a vapor na fazenda do pai já aos 7 anos e, aos 12, aventurava-se guiando locomotivas. Aos 19, foi estudar na França, onde descobriu o motor a explosão e o automobilismo. Ao longo das décadas seguintes criou balões, dirigíveis e aeroplanos, como o famoso 14-Bis, feito em 1906.

Para a curadora Luciana Garbin, em texto para o fôlder da exposição de 2016, “o legado do inventor permanece vivo. Não só por sua contribuição como pioneiro da aviação, mas também por ter dedicado a vida, há mais de um século, a três pilares cada vez mais valorizados no mundo atual: a inovação, a ciência e o empreendedorismo”.

A Coleção Itaú, criada há quase um século, soma atualmente mais de 15 mil trabalhos, entre pinturas, gravuras, esculturas, fotografias, instalações, livros raros, moedas e medalhas. É o maior acervo artístico de uma companhia privada na América Latina e cobre toda a história da arte brasileira. Parte dela pode ser visitada no Espaço Olavo Setubal.

Santos-Dumont na Coleção Brasiliana Itaú em Fortaleza

abertura
quinta 2 de agosto de 2018
às 19h

visitação
sexta 3 de agosto a domingo 13 de janeiro de 2019
terça a sexta 9h às 19h
sábados e domingos, 10h às 18h

[livre para todos os públicos]

Entrada gratuita

Universidade de Fortaleza – Espaço Cultural Unifor | Avenida Washington Soares, 1321, Fortaleza, CE | fone: 85 3477 3319 | unifor.br

 

palestra Santos-Dumont na Coleção Brasiliana Itaú
com Luciana Garbin
sexta 3 de agosto de 2018
às 9h30

[duração aproximada: 90 minutos]

[livre para todos os públicos]

Universidade de Fortaleza – Teatro Celina Queiroz (330 lugares) | Avenida Washington Soares, 1321, Edson Queiroz, Fortaleza, CE

Veja também

Livro digital "Mesmo Sol Outro" é disponibilizado na internet

Com imagens que conectam as culturas negras e a condição pós-colonial do Brasil, de Angola e da África do Sul, o livro digital Mesmo Sol Outro, projeto selecionado pelo programa Rumos 2015-2016, agora está disponível na internet para o acesso do público