Uma edição especial do Brechas Urbanas, ciclo de debates sobre a vida nas cidades, será realizada na Japan House. O evento é parte da programação do Paulista Cultural – iniciativa que reúne diferentes instituições culturais sediadas na Avenida Paulista.

Com o tema A Vida Arquitetônica da Cultura, a mesa aborda os desafios que a criação de espaços culturais traz para a arquitetura. O assunto engloba várias questões: a vitalidade desses equipamentos depende de quanto conseguem integrar-se à cidade, de quanto a população se apropria do local e se reconhece neles, por exemplo. Além disso, é notável que um espaço cultural potente transforma a experiência urbana.

Com mediação da empreendedora social Monique Evelle, participam da discussão os arquitetos Guilherme Wisnik e Hiroshi Sambuichi.

Guilherme é docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), autor de livros como Estado Crítico: à Deriva nas Cidades (2009) e Espaço em Obra: Cidade, Arte, Arquitetura (2018, com o designer gráfico Julio Mariutti). Para o Itaú Cultural, foi curador do projeto Margem e de duas exposições do programa Ocupação, sobre o artista visual Cildo Meirelles e o arquiteto Paulo Mendes da Rocha.

Hiroshi é professor da escola de arquitetura da Royal Danish Academy of Fine Arts. Seu escritório, Sambuichi Architects, é sediado em Hiroshima, no Japão. Recebeu os prêmios MuranoTogo (2019) e Daylight Award (2018), entre outros. Destacam-se entre as suas obras a torre Hiroshima Orizuru (2016), o observatório do Monte Misen, também em Hiroshima, e o museu de arte Inujima Seirensho, na cidade japonesa de Okayama.

Brechas Urbanas – A Vida Arquitetônica da Cultura [com interpretação em Libras]
com Guilherme Wisnik e Hiroshi Sambuichi e mediação de Monique Evelle
domingo 28 de abril de 2019
às 16h30

[duração aproximada: 120 minutos]

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do evento | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do evento | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Japan House | Avenida Paulista, 52 | japanhouse.jp/saopaulo

Veja também

Arquitetura de centros culturais

O arquiteto Pedro Mendes da Rocha discute a evolução do conceito de museu/centro cultural, o papel da arquitetura quanto aos centros...