O geógrafo Milton Santos escreveu: "O presente é a escolha de futuros possíveis". Nós poderíamos, portanto, pensar que, quanto menos futuros potenciais pudermos imaginar, mais pobre e fechado de possibilidades será o presente. E, consequentemente, que um esforço de imaginação é necessário para destravar tudo de que a vida é capaz.

Inspirado nessa ideia, o Itaú Cultural convida estudantes, escritores iniciantes e pessoas que querem pensar o mundo a criar narrativas a respeito de futuros possíveis. Em contos, crônicas ou poesias, comunicar outras formas de viver, outras maneiras de organizar a sociedade. Ambientes tecnológicos e contextos culturais distintos, linguagens, valores, identidades vistas de modo diferente.

Novas utopias, em suma – sem entender por esse termo algo que não pode se realizar, mas vendo nele outro dos seus sentidos: um ponto de chegada, hoje inexistente, a que podemos visar. Dessa forma, esta chamada de textos vai na contramão do mais comum na literatura hoje, que é imaginar distopias. A ideia, pelo contrário, é iluminar caminhos.

Os 5 (cinco) textos selecionados por uma equipe do instituto serão publicados aqui em nosso site. Podem ser enviadas contribuições de 1º de fevereiro a 1º de março de 2019. O texto inscrito deve ser enviado pelo formulário indicado abaixo. A avaliação do material enviado será entre 2 de março e 8 de abril de 2019; os escolhidos serão divulgados em nosso site no dia 9 de abril de 2019.

Aceitam-se obras inéditas de até 15 mil caracteres com espaços. Leia o regulamento e acesse o formulário de inscrição.

Veja também

A importância da utopia

Alguns dias trancada no meu quarto, após a execução de Marielle Franco, com a pergunta que me ama...