Após ter lançado um EP com seu nome em 2014 e o single “Antimusa” em 2015, Tika, cantora, instrumentista e compositora, mostra o seu primeiro álbum, Unwritable (2017), no Itaú Cultural, em São Paulo/SP, no dia 25 de novembro, às 19h. O disco reúne nove canções autorais entre rock e bossa nova, além de outras sonoridades da MPB.

A composição de Unwritable contou com a colaboração de nomes destacados na cena musical contemporânea. De “Vida”, a faixa que abre o disco, participam Alice Coutinho – que também escreveu com Tika “Acabou Não Acabou” – e Rodrigo Camposmúsico que apresenta 9Sambas no instituto em 23 de novembro. Além disso, “Haja Amor” teve Otto na sua construção; “Aqui”, Romulo Fróes; e “Noite Vai Alta”, Clima.

Tika está na música desde pequena. Natural de Rio Claro, no interior de São Paulo, cursou música na Universidade Federal de São Carlos (UFScar) e canto popular no Conservatório de Tatuí. Faz voz e cordas nas bandas Quizumba, Odara e Passarim30 (com a qual gravou uma versão mais bossa nova de “Unwritable” – compare com a do CD homônimo).

Além da vocalista, vêm ao Itaú Cultural os músicos Pipo Pegoraro (guitarra), Maurício Fleury (sintetizadores), João Deogracias (baixo) e Sergio Machado (bateria).

Tika [com interpretação em Libras]
domingo 25 de novembro de 2018
às 19h
Sala Itaú Cultural (piso térreo) – 224 lugares
[duração aproximada: 70 minutos]

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também