O cartunista Glauco Vilas Boas é o homenageado da 30ª edição do programa Ocupação Itaú Cultural, em cartaz na sede do instituto entre os dias 9 de julho e 21 de agosto de 2016. Reunindo tanto tiras inacabadas quanto obras finalizadas, a exposição coloca em evidência as personagens, a personalidade e o processo criativo do artista.

>>Acesse o site da Ocupação Glauco
>>Assista a uma playlist de vídeos

Glauco economizava traços e esbanjava bom humor em suas tiras. Com um desenho sem firulas – mas que, ainda assim, dava a impressão de estar em movimento –, ele criou figuras despudoradas e alopradas que chocavam os defensores dos bons modos. Geraldão, Dona Marta, Casal Neuras, Zé do Apocalipse, Doy Jorge... Essas e outras personagens marcam presença na exposição – composta de materiais selecionados no acervo da família do cartunista.

A mostra ainda contempla a produção de charges políticas de Glauco e conta com depoimentos em vídeo de parentes e parceiros do artista – como Angeli e Laerte, nomes já homenageados pelo programa Ocupação em 2012 e 2014, respectivamente.

Além de artista visual, Glauco foi líder espiritual do santo-daime – religião que cultua um caminho de autodescoberta e cura permitido pelo chá de ayahuasca. A fé na sabedoria daimista levou o quadrinista a fundar, em 1997, em Osasco (SP), a igreja Céu de Maria – local igualmente lembrado na mostra.

A programação paralela da Ocupação Glauco conta com a série de debates Caminhos da HQ e com a Banca de Quadrinistas – espaço onde artistas, coletivos, selos e instituições relacionadas ao mundo dos quadrinhos podem mostrar seu trabalho ao público.

Ocupação Glauco
sábado 9 de julho a domingo 21 de agosto de 2016
terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h
piso térreo

Entrada gratuita
[classificação indicativa: 12 anos]