Macalândia

imagem: André Seiti

Compartilhe

macalândia

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

se me der na veneta EU VOU,
se me der na veneta EU MATO,
se me der na veneta EU MORRO,

e volto pra curtir.
 

“Revendo Amigos” (Jards Macalé e Waly Salomão), do álbum Jards Macalé (1972)

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Seção de vídeo

Minha Religião é a Música

Jards Macalé é músico, artista homenageado desta Ocupação.

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

não quero ficar dando adeus
as coisas passando, EU QUERO
É PASSAR COM ELAS, eu quero
é não deixar nada mais
do que as cinzas de um cigarro
e a marca de um abraço
no seu corpo.

“Movimento dos Barcos” (Jards Macalé e José Carlos Capinan), do álbum Jards Macalé (1972)

Compartilhe

Seção de vídeo

Como é Tocar com Jards

Luiz Melodia é músico. Foi parceiro de Jards. Revelado por Torquato Neto e Waly Salomão na década de 1970, tem composições gravadas por Gal Costa e Maria Bethânia. Em 1973 lançou seu primeiro disco, Pérola Negra. De lá até aqui, foram outros 12, sendo o mais recente Estação Melodia (2009). Sua produção abarca bossa nova, rock, samba, pop, funk, baião e jazz.

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Seção de vídeo

Música que Fere

Kiko Dinucci é músico. Faz parte das bandas Metá Metá e Passo Torto. Realizou também os projetos Bando Afromacarrônico e Duo Moviola.

Compartilhe

Seção de vídeo

Dissidente

Geneton Moraes Neto é jornalista. Autor do documentário Canções do Exílio – A Labareda que Lambeu Tudo, no qual entrevista Jards Macalé, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Jorge Mautner, também escreveu Dossiê Brasília: os Segredos dos Presidentes e Dossiê Drummond.

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

existe muita TRISTEZA,
na rua da ALEGRIA,
existe muita DESORDEM,
na rua da HARMONIA

“Contrastes” (Ismael Silva e Francisco Alves; Jards a interpreta no álbum Contrastes, de 1977)

Compartilhe

Seção de vídeo

Cenografia e Quadrinhos

Lourenço Mutarelli é curador, junto ao Itaú Cultural, e cenógrafo desta Ocupação. Quadrinista dos mais importantes do país, trabalha também como escritor, dramaturgo e ator. É autor do romance O Cheiro do Ralo, da trilogia de quadrinhos O Dobro de Cinco, O Rei do Ponto e A Soma de Tudo (partes 1 e 2) e do álbum Mundo Pet.

Compartilhe

Seção de vídeo

Rever o Caos com Calma

Lourenço Mutarelli é curador, junto ao Itaú Cultural, e cenógrafo desta Ocupação. Quadrinista dos mais importantes do país, trabalha também como escritor, dramaturgo e ator. É autor do romance O Cheiro do Ralo, da trilogia de quadrinhos O Dobro de Cinco, O Rei do Ponto e A Soma de Tudo (partes 1 e 2) e do álbum Mundo Pet.

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Exposição na sede do Itaú Cultural, em São Paulo | imagem: André Seiti

Compartilhe

Seção de vídeo

Como é Tocar com Jards

Kiko Dinucci é músico. Faz parte das bandas Metá Metá e Passo Torto. Realizou também os projetos Bando Afromacarrônico e Duo Moviola.

Compartilhe

Seção de vídeo

“Jards”, de Eryk Rocha

O filme é um ensaio poético-musical através do músico e compositor Jards Macalé. O filme celebra o instante do processo de criação do artista, a afinação, repetição, a improvisação dos instrumentos. O fluxo do homem e a música. O êxtase e a solidão do artista que coexistem num entrelaçamento constante entre arte e vida.

Compartilhe

olha, não é nada disso,
embora eu não saiba
dizer mais nada,
mais nada além das coisas
que sempre ficaram caladas.

“Sem Essa” (Jards Macalé e Duda), do álbum Contrastes (1977)