0 texto

Narrativas do Invisível – Mostra Rumos 2015-2016 apresenta 24 dos 117 projetos selecionados pelo programa Rumos Itaú Cultural. O resultado de 12 deles pode ser conferido na exposição em cartaz no instituto, enquanto debates e espetáculos apresentam outras 12 propostas que contaram com o apoio do edital.

Veja também:
>> Informações sobre os debates

>> Espetáculos

Com o objetivo de criar pontes entre os diferentes projetos, acontecem quatro mesas de debate em outubro, sempre às quintas-feiras, às 20h. Elas discutem as seguintes temáticas: Quais os caminhos para construir uma memória em arte?, Quem conta os relatos sobre o esquecimento de povos?, Mulheres, ou quais corpos merecem ser lembrados? e Percebemos as cartografias do esquecimento?. A mediação é, respectivamente, de Tania Rodrigues, Edson Natale, Galiana Brasil e Aninha de Fátima, gerentes do instituto que participaram da comissão de seleção da edição Rumos Itaú Cultural 2015-2016.

Nas mesas são contemplados os projetos Bonecos, Dúvidas e Muitas Caixas: a Recuperação da História e do Acervo do Sobrevento em Seus Trinta Anos, Circodata – Dicionário do Circo Brasileiro, A Macabra Biblioteca do Dr. Lucchetti, Ogum Iê!, Histórias da Tradição – Mehinaku, Marambiré – Corporalidade, Música e Fé, Carta à Rainha Louca, Diálogos com Ruth de Souza, Peso Bruto, Dos Campos à Concentração, A Cidade Inventada – Versão Expandida e Internacional e Nos Trilhos Abertos de um Leste Migrante. Os debates contam com interpretação em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Saiba mais sobre cada um deles na aba Programação.

Além de participarem das mesas, os proponentes dos projetos A Macabra Biblioteca do Dr. Lucchetti e Peso Bruto apresentam os resultados de suas propostas em espetáculos que acontecem às sextas, sábados e domingos no Itaú Cultural.

O site A Cidade Inventada trata do confinamento de ex-portadores de hanseníase - foto: Francisco RibeiroDos Campos à Concentração: documentário idealizado por David Aguiar e Sabina Colares - foto: David AguiarAção teatral compôs o projeto Nos Trilhos Abertos de um Leste Migrante - foto: Ramilla SouzaPeça construída a partir do universo de terror “pulp” de Rubens Francisco Lucchetti - foto: Lucia BiscaiaRegistro sobre as histórias e a mitologia do povo indígena menihaku - foto: Helio Nobre/IkoreOrganização e catalogação da produção do grupo de teatro Sobrevento - foto: Marco Aurélio OlimpioProjeto Marambiré, sobre a dança de mesmo nome, de origem africana - foto: divulgação

Mesas de Debate [com interpretação em Libras]
quintas 5, 12, 19 e 26 de outubro de 2017
às 20h
[duração aproximada: 90 minutos]
piso -2 (100 lugares)

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: duas horas antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

[livre para todos os públicos]

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

Veja também