Ocupação

A arquitetura sempre desempenhou um papel importante na história da arte – como forma de incorporar à paisagem urbana a face dos novos tempos. Com o modernismo não foi diferente. Em um momento em que São Paulo era dominada pelo ecletismo – completo de ornamentos e um tanto imponente – desembarca na capital o arquiteto Gregori Warchavchik (1896-1972).

O imigrante ucraniano chega ao Brasil em 1923 carregado dos debates que já aconteciam na Europa acerca da arquitetura – e dois anos depois, em 1925, leva aos jornais essas questões e um novo pensamento arquitetônico com o manifesto Acerca da Arquitetura Moderna. Seus ideais se manifestam nos seus dois primeiros projetos, as casas da rua Santa Cruz (de 1928) e a da rua Itapólis (1930). Os trabalhos implicam, desde esse momento, uma ruptura e anunciam possibilidades de linguagem.

Apontam, por outro lado, todos os limites da época em que se constituem. Warchavchik teve não só de driblar impedimentos legais (que impunham o estilo construtivo citado) como se adequar às dificuldades tanto de infraestrutura (em um Brasil que a solavancos se modernizava) quanto dos entendimentos do público e do mercado sobre o que devia ser a cidade e o que devia ser a arquitetura. Acompanhar o percurso de Warchavchik é, assim, perceber as contradições que saturam o caminho da inovação.

A Ocupação Gregori Warchavchik se aprofunda na história do arquiteto, apresentando as rupturas e os entraves de seus mais relevantes projetos. Apresenta ainda suas conexões familiares, a paixão pela fotografia e sua luta pelo espaço da Casa Modernista. A mostra acontece também no Museu Lasar Segall, projetado pelo arquiteto em 1932 para ser residência do pintor e de sua esposa, a escritora Jenny Klabin Segall, cunhados de Warchavchik.

Esta 44ª Ocupação integra a série de exposições do Itaú Cultural sobre figuras decisivas da nossa arquitetura, junto às mostras de Paulo Mendes da Rocha, Vilanova Artigas, Flávio Império, Oscar Niemeyer e Sergio Rodrigues.

Há, ainda, uma publicação impressa, que traz textos que abordam a trajetória do homenageado e as peculiaridades do olhar de seu olhar estrangeiro. Em itaucultural.org.br/ocupacao parte do material da mostra é disponibilizada junto com um conteúdo exclusivo, como entrevistas. O programa Ocupação Itaú Cultural reaviva a memória e o acervo de artistas essenciais à percepção da cultura brasileira.


Ficha técnica

Concepção e realização Itaú Cultural
Cocuradoria Silvia Prado Segall
Consultoria Carlos Eduardo Warchavchik
Projeto expográfico Juliana Prado Godoy

Itaú Cultural

Presidente Milú Villela
Diretor-superintendente Eduardo Saron
Superintendente administrativo Sérgio M. Miyazaki

Núcleo de Enciclopédia

Gerência Tânia Rodrigues
Coordenação Glaucy Tudda
Produção-executiva
Camila Nader, Karine Arruda (estagiária) e Lucas Rosalin (estagiário)

Núcleo de Artes Visuais

Gerência Sofia Fan
Coordenação Juliano Ferreira
Produção-executiva Bianca Selofite e Lucas Baliões

Núcleo de Comunicação e Relacionamento

Gerência Ana de Fátima Sousa
Coordenação Carlos Costa
Produção editorial Luciana Araripe
Produção e edição de conteúdo Amanda Rigamonti e Duanne Ribeiro
Supervisão de revisão Polyana Lima
Revisão de texto Rachel Reis (terceirizada)
Projeto gráfico Estúdio Claraboia (terceirizado) e Helga Vaz
Comunicação visual Estúdio Lumine (terceirizado), Helga Vaz e Yoshiharu Arakaki
Redes sociais Jullyanna Salles e Renato Corch

Núcleo de Infraestrutura E Produção

Gerência Gilberto Labor
Coordenação Vinícius Ramos
Produção Cristiane Zago, Erica Pedrosa e Wanderley Bispo

Núcleo de Audiovisual e Literatura

Gerência Claudiney Ferreira
Coordenação de conteúdo Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual Letícia Santos
Captação de imagens André Seiti, Raphael Barreto (terceirizado) e Richner Allan
Edição Richner Allan
Captação de áudio Rafael Bonifácio e Tomás Franco (terceirizados)

Núcleo de Educação e Relacionamento

Gerência Valéria Toloi
Coordenação de atendimento e formação Samara Ferreira
Equipe Amanda Freitas, Andressa Santos Menezes (estagiária), Antonio Tallys (estagiário), Caroline Faro, Edinho Dos Santos, Edson Bismark, Elissa Sanita Silva, Gabriela Lourenzato Guarda (estagiária), Lucas Cardoso Dos Santos (estagiário), Monique Rocha Dos Santos (estagiária), Roberta Suzi Correia (estagiária), Sidnei Junior, Tayná Maria Santiago Da Silva (estagiária), Victor Soriano, Vinicius Magnum e Vitor Luz

 

Museu Lasar Segall

Diretoria
Diretor emérito
Mauricio Segall
Diretor Giancarlo Hannud
Chefe da divisão técnica Marcelo Monzani
Chefe da divisão administrativa Valquiria Cestrem

Curadoria da exposição Museu Segall
Daniel Rincon Caires e Pierina Camargo

Ação educativa
Coordenador
Lucas Oliveira
Equipe Josiane Cavalcanti, Luciano Favaro e Nina Knutson

Administração
Equipe
Luciana Gonçalves Azevedo, Ronaldo Inamine, Suzete Bomfim Feitosa, Walter Costa, Wanessa Lara Braga e Yara Iguchi

Ateliê de gravura
Coordenador
Paulo Camillo Penna
Equipe Mario Morri (voluntário) e Soraia Silveira (estagiária)

Biblioteca Jenny Klabin Segall
Coordenador
Paulo Pina
Equipe
Cibele Velloso, Hilda Ferraz (voluntária), Rodrigo Oliveira, Vaner Maria B. Ratto (voluntária) e Larissa Vicente Ferreira (estagiária)

Cine Segall
Programação
Célio Franceschet
Projecionistas Eronides M. de Lima Filho e Reinaldo Rodrigues Marques

Museologia
Coordenador
Ricardo Fernandes
Equipe Maria Gilenilda C. Nascimento

Núcleo de informática
Coordenador
Ademir Maschio
Estagiários
Gustavo Xavier e Matheus da Silva

Agradecimentos
Aracy Amaral, Paulo Mauro Mayer De Aquino, Marfísia Lancellotti, Departamento dos Museus Municipais | Museu da Cidade de São Paulo – Prefeitura da Cidade de São Paulo, Gabriela Inui, Roger W. Lima, Julieta Sobral, Boris Kossoy, Celso Lafer, José Lira, Mauris Ilia Klabin Warchavchik, Museu de Arte de São Paulo – Assis Chateaubriand (Masp), Faculdade De Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (Fau/Usp), Gisele Ferreira de Brito, Cristiano Morais da Trindade, Instituto Bardi, Vera Misasi, Linda Misasi Micales, Objetos de Cena, Escola OEN e Amber Produções

O Itaú Cultural realizou todos os esforços para encontrar os detentores dos direitos autorais incidentes sobre as imagens/obras aqui publicadas, além das pessoas fotografadas. Caso alguém se reconheça ou identifique algum registro de sua autoria, solicitamos o contato pelo e-mail atendimento@Itaucultural.org.br.